---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

saude
Prefeitura, empresas e voluntários se unem no combate à pandemia

Publicado em 24/03/2020 às 19:14 - Atualizado em 27/03/2020 às 13:07


Créditos: Instituto Nossa Família Baixar Imagem

Uma grande rede solidariedade tem se formado em Tubarão para oferecer conforto e, principalmente, segurança aos profissionais que atuam na área da saúde.

 


Ao longo das últimas semanas, empresários e voluntários se uniram para confeccionar equipamentos de proteção individual, como máscaras e aventais, produtos de primeira necessidade para quem atua na área, especialmente no momento de pandemia.

 


A coordenadora de Planejamento em Saúde, da Fundação Municipal de Saúde, Simone Hoffmann, explica que o município vinha se preparando mesmo antes da declaração da pandemia, por meio de capacitações das equipes de saúde que atuam nas unidades básicas, como as agentes de saúde, médicos, enfermeiros e odontólogos, que foram treinados por infectologistas especializados.

 


Outra preocupação foi a solicitação da compra dos itens de proteção individual para o ano todo. “Contudo, com o crescimento do surto, os fornecedores cancelaram as entregas, alegando que também estavam desabastecidos ou não poderiam manter o mesmo preço, pois o valor da matéria-prima, geralmente importada, havia subido muito”, atesta.

 


A solução foi a produção dos materiais com recursos e mão de obra da cidade. Algumas empresas doaram máscaras, luvas, macacões e álcool gel e a Fundação Municipal de Educação utilizou recursos próprios para compra do tecido (TNT) e aviamentos, como linhas e elástico para confeccionar mais máscaras e aventais descartáveis. O instituto Nossa Família também apoiou a iniciativa por meio de seus voluntários.

 


Especializada em confecções, a City Blue fez a modelagem e o corte de 2,6 mil aventais e 2,9 mil máscaras, que foram, posteriormente, costurados por profissionais autônomas voluntárias. “Estes itens feitos com TNT são descartáveis, mas a City Blue doou também tecido e confeccionou 80 aventais laváveis e reutilizáveis”, destaca Simone.

 


O primeiro lote de aventais com cerca de 400 peças já está no almoxarifado central da Fundação Municipal de Saúde, onde serão catalogados para envio às unidades de saúde e Policlínica. “Serão destinados aos profissionais de saúde e pacientes sintomáticos que forem atendidos em nossas unidades de saúde”, adianta Simone, ao ressaltar que as pessoas sem sintomas não devem utilizar máscara.

 


Todos os itens foram avaliados por infectologista que analisou a eficácia dos produtos, antes de serem destinados ao uso.

 


Quem deve usar a máscara?


Os equipamentos de proteção individual, como máscara, só devem ser utilizados por pessoas com sintomas da doença, pois servem como barreira no caso de tosse ou espirro e por profissionais da saúde, quando tiverem contato com os pacientes. A orientação é para que todos fiquem em casa, mas as pessoas sem sintomas que necessitaram sair às ruas não devem utilizar a máscara, pois ao ar livre não há contaminação do vírus, já que ele não se propaga pelo ar.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar