---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

saude
Saúde: São Martinho 2 é a 17ª unidade reformada e entregue para a população tubaronense

Publicado em 13/01/2020 às 14:03 - Atualizado em 13/01/2020 às 14:03


Créditos: Laura Remesso/Decom/PMT Baixar Imagem

Ampliação da recepção, pintura interna e externa, novos equipamentos, portas e calhas, estrutura com acessibilidade, colocação de cerâmica e nova instalação elétrica com padrão trifásico foram algumas das mudanças realizadas pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) na Unidade Básica de Saúde (UBS) do São Martinho 2. Depois de quase três meses em reforma, a comunidade recebeu, na manhã desta segunda-feira (13), uma nova unidade, um local com mais qualidade e acesso à saúde.

 


Localizado na rua José Alves dos Santos, o posto atende mais de três mil pessoas e estava em condições precárias de atendimento. “Era um ambiente insalubre, tanto para o servidor, quanto para os pacientes que ali frequentavam. A reforma foi completa, com cuidados em toda a estrutura, e hoje, entregamos praticamente um prédio novo. É algo muito satisfatório”, relata o prefeito Joares Ponticelli.

 


Com essa obra, a atual gestão soma 17 unidades reformadas e entregues em ótimas condições para a população. “Isso é muito gratificante, pois é mais uma obra que prometemos no início do governo e que é entregue. Temos mais outras para finalizar agora neste ano e vamos nos empenhar muito, pois quem mais se beneficia é a comunidade. A nossa meta é essa: evoluir sempre”, reforça o diretor-presidente da FMS Daisson José Trevisol. Ainda de acordo com Daisson, as próximas obras a serem entregues são dos bairros Campestre e Fábio Silva, que devem ocorrer no próximo mês.

 


“Mas não é só a parte física que está evoluindo, estamos cuidando para ampliar todos os serviços da saúde. Por exemplo, os médicos antes eram 32, hoje são 37. Também ampliamos atendimentos, reduzimos as filas de espera para exames e a falta de medicamento na Farmácia Básica”, conclui Joares.

 


O investimento da obra girou em torno de R$ 75 mil, com recursos próprios da FMS. As verbas provenientes do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) foram utilizadas para o custeio da mão de obra. Os novos equipamentos vieram de emendas parlamentares.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Galeria de Audios