---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

urbanismo
Colegiado de Meio Ambiente da Amurel emite nota com recomendações para empresas de coleta e transporte de resíduos sólidos urbanos

Publicado em 26/03/2020 às 18:38 - Atualizado em 27/03/2020 às 12:01


Créditos: Arquivo/PMT Baixar Imagem

Para orientar os municípios sobre os procedimentos mais adequados em relação a coleta de lixo em período de pandemia do novo coronavírus, o colegiado de Meio Ambiente da Amurel emitiu uma nota com recomendações durante os processos de coleta, encaminhamento, triagem e destinação de resíduos urbanos em municípios com contaminação pelo vírus.

 


A nota apresenta orientações para a prevenção de contágio e segurança de coletores e recicladores de empresas de coleta e transporte de resíduos sólidos urbanos no Estado de Santa Catarina e traz, inclusive, a forma correta de acondicionamento de resíduos produzidos por pacientes infectados.

 


Em Tubarão, a coleta de resíduos orgânicos e reciclados é feito pela Racli. O gerente da empresa, Cláudio Nunes, explica que diversos procedimentos são tomados diariamente para garantir a saúde dos trabalhadores, contudo, as medidas foram reforçadas nos últimos dias. “Eles foram orientados por uma médica, sobre os riscos da doença e estamos sempre relembrando os hábitos de higiene que devem ser praticados por todos, concedemos férias para os funcionários que pertencem aos grupos de risco e iniciamos as rotas com um intervalo de 20 minutos para não ter concentração de funcionários”, conta Cláudio.

 


Todos os caminhões possuem kit de limpeza e foram distribuídos aos funcionários produtos de higiene como sabão, sabonete líquido, álcool em gel e máscara. “Eles utilizam todos os equipamentos de proteção individual durante a coleta e após a rota é feita a limpeza do caminhão, com produtos adequados e flanelas descartáveis”, ressalta o gerente.

 


A unidade de Tubarão da Racli tem cerca de 144 funcionários, que atuam também em Gravatal, Braço do Norte e São Ludgero.

 


Só em Tubarão, a empresa realiza, diariamente, nove rotas de coleta de lixo comum e duas de coleta seletiva. Por dia, são coletadas no município cerca de 90 toneladas de lixo orgânico, resultando em 2,2 mil toneladas mensais. Outras 80 toneladas de resíduos recicláveis são recolhidas também por mês na cidade.

 


Cláudio destaca, no entanto, que o volume de lixo coletado neste período de quarentena vai diminuir. “Mesmo que as pessoas estejam em casa, muitos escritórios, lojas, restaurantes e bares estão fechados. Já notamos uma queda na quantidade coletada nos últimos dias”, adianta o gerente.

 


As coletas e triagem são consideradas atividades essenciais. “Por isso, pedimos a todos que colaborem, acondicionamento muito bem os resíduos produzidos em casas com pacientes suspeitos ou confirmados de infeção e também pedimos atenção especial aos objetos cortantes, pois são os principais geradores de acidentes de trabalho”, alerta Cláudio.

 

DESTINAÇÃO DOS RESÍDUOS EM MUNICÍPIOS COM CASOS CONFIRMADOS

 

Os resíduos produzidos pelo paciente em isolamento no domicílio e por quem lhe prestar assistência, em caso suspeito ou confirmado de infeção por Covid -19, devem ser:

 


- Separados, colocados em sacos de lixo resistentes e descartáveis;


- Fechados com lacre ou nó quando o saco tiver até 2/3 (dois terços) de sua capacidade;


- Introduzido o saco em outro saco limpo, resistente e descartável, de modo que os resíduos fiquem acondicionados em sacos duplos;


- Fechado e identificado, de modo a não causar problemas para o trabalhador da coleta e nem para o meio ambiente;


- Encaminhado normalmente para a coleta de resíduos urbanos.

 

Acesse no anexo abaixo a Nota Técnica completa


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar